FLACSI

Idioma:
Síguenos Facebook YouTube

CORRUPCIÓN: Anna Saraiva – “Corrupção no Brasil”

Publicado el viernes 28 de octubre, 2016

74103dcf0e71c526e0d8f0c18d1f0682-bpfullAnna Saraiva – Colégio Santo Inácio de Rio de Janeiro, Brasil

Quando se fala de “corrupção” no Brasil, a maioria das pessoas imediatamente associa aos políticos corruptos que trabalham no governo e desviam o dinheiro público para proveito próprio. Contudo, essa visão negligencia uma esfera menor de corrupção que ocorre no dia-a-dia, afinal, se toda a sociedade fosse honesta e incólume quanto a isso, um governo desonesto jamais prosperaria. Nesse sentido, creio que corrupção seja qualquer tipo de atitude desonesta praticada por um indivíduo. Assim, quando furamos a fila ou praticamos qualquer ação para “passar na frente”, estamos realizando as “corrupções diárias”.

No entanto, é notável que essas corrupções diárias não realizam um estrago da mesma escala que aquelas praticadas por funcionários em seus ambientes de trabalho. Dessa forma, um funcionário corrupto não trabalha para a sua empresa ou para criação de novas tecnologias, mas sim para proveito próprio. Esses funcionários geralmente não estão dispostos a realizar tanto trabalho quanto seus colegas, e estão envolvidos em esquemas ou acordos para poderem lucrar mais. São como agentes infecciosos em um corpo saudável, pois comprometem o bom funcionamento do organismo e danificam a estrutura em sua busca por sobrevivência.

Em meu país, o setor mais afetado pela corrupção acaba sendo o país inteiro. Já que ela se prolifera por todas as esferas do funcionalismo público, compromete o acesso da população a escolas e hospitais de qualidade, pois as verbas são desviadas e as obras nunca saem do papel. Aquelas que conseguem ser executadas, ou demoram anos e não acompanham a demanda, ou são de má qualidade, como é o caso da ciclovia construída para a Olimpíada no Rio de Janeiro, que caiu após meses de sua inauguração. Além disso, qualquer repasse de verbas para setores necessitados pode ser alvo de desvios, indo para contas de políticos em paraísos fiscais. Dessa forma, uma consequência indireta da corrupção no Brasil seria também a total descrença dos eleitores no sistema político, uma vez que o consideram demasiado “contaminado”, e os números de votos brancos e nulos em eleições ultrapassam o de votos válidos, configurando uma crise de representação

Desde Educate Magis

< VOLVER