FLACSI

Idioma:
Síguenos Facebook YouTube

EDUCACIÓN DE CALIDAD: João Rodrigues – “Educação no Brasil”

Publicado el martes 24 de mayo, 2016

2Q==-1João Manoel Rodrigues de Melo – Colégio Diocesano, Brasil

Educação no Brasil

O sistema educacional no Brasil é dividido em três níveis: o Fundamental é o primeiro, é obrigatório para crianças de 6 a 14 anos e é oferecido gratuitamente pelo estado. O ensino médio é, também, oferecido gratuitamente, mas não é obrigatório. E o Ensino Superior que é gratuito apenas em Universidades Públicas.

Apesar da educação gratuita oferecida pelo estado, a parte da população com melhores condições financeiras opta pela iniciativa privada para educar seus filhos. Isso acontece em razão da má qualidade do ensino público, que oferece na maioria dos casos uma estrutura precária, e falha em estimular os jovens de famílias pobres a aprender.

Durante muito tempo o governo teve preferência pelo investimento no Ensino Superior, consequentemente esqueceu-se dos níveis básico e secundário. Para tentar resolver isso, nos últimos 20 anos houve um aumento no investimento dos níveis de base. Por que os resultados não aparecem então? Por que se destina dinheiro para investimento na estrutura esquecendo-se da formação dos professores, que são os maiores responsáveis pelo estímulo aos jovens alunos da escola pública.

A educação privada, por outro lado, possui uma qualidade inquestionável que vem acompanhada de um preço altíssimo, inacessível para maior parte da população.

As desigualdades encontradas na sociedade brasileira são reflexos das observadas no seu sistema educacional. Enquanto as escolas públicas forem símbolos de uma educação de menor qualidade em relação a privada, as diferenças persistirão. Por isso há a necessidade no Brasil de uma reforma na educação que trate de oferecer um sistema de ensino sustentável que se encarregue de educar pessoas de todas as classes para serem cidadãos e humanos.

Esse é o tipo de educação que recebo no Colégio Diocesano. O ensino é passado a nós alunos de maneira que não apenas aprendamos a teoria, mas criemos uma consciência critica acerca do que nos é ensinado. Isso, aliado a pedagogia inaciana, ajuda a criar um ambiente que favorece a formação humana, intelectual e espiritual do aluno, que sai do colégio como um cidadão diferenciado e pronto para os desafios impostos pela sociedade.

Desde Educate Magis

< VOLVER