FLACSI

Idioma:
Síguenos Facebook YouTube

Guatemala – Colégio Loyola: Acampamento Missão 2015

Publicado el martes 13 de octubre, 2015

header“Sem fronteiras, sem limites, só Deus a minha esperança”

“Não há muito a dizer sobre a missão acampamento, e não é fácil para acomodar em uma história. É isso o que a comunidade educativa de Colégio Loyola vive cada vez que se reúne com a  “Guatemala Profunda”, fala de muitas coisas, ensina muitas coisas, faz crescer.

Começar a compartilhar que o Acampamento Missão é o culminar da experiência de aprendizagem de jovens de 3er ano EM (15 anos) que estão para completar sua passagem pelo Colégio. O acampamento é organizado pelo Departamento de Pastoral em colaboração com Fe y Alegría Guatemala. Além disso, em sua implementação em toda a comunidade escolar (equipa de gestão, gestão, pessoal de serviço, educadores, pais, estudantes em geral), de modo que cada vez mais é uma experiência institucional estão envolvidos.

2

As crianças têm a oportunidade de participar seis comunidades indígenas do município de Santa Lucía la Reforma, no departamento de Totonicapán (cerca de 5 horas da capital). Durante o dia eles trabalhar, viver e partilhar com as famílias e no encontro da noite no acampamento diariamente para fazer uma pausa e pegar os frutos da experiência.

Nesse fruta recolher, através Pause, os jovens estão descobrindo a passagem do Deus da Vida, nas comunidades, nas famílias, em si mesmos. É nesse ponto onde a consciência trazer toda a força e graça que vem do encontro com o outro, que reconhecemos como um irmão, independentemente das diferenças de língua e cultura. Durante as reflexões no campo, os meninos e meninas conseguem descobrir que a vida é muito mais do que eles e eles pensavam ou tinha experimentado até agora.

IMG-20150817-WA01201

– Foto em destaque –

O dia em que ele vive com famílias, crianças, mulheres, idosos que querem nos acomodar e nos acolhem em suas casas. São eles que, tornando-se nossos professores nos ensinaram com seus atos e gestos que podem ser irmãos, podemos construir uma sociedade mais justa, podemos trabalhar para construir um país onde a dignidade humana é o critério final para nossas ações. Assim, entre os campos, bosques, o rio, animais, montanhas e vento que aprender o que realmente significa viver na Guatemala eo que significa ser verdadeiramente cristã: dar a vida, aberto à vida e vida em abundância .

Este ano, complementando o nosso encontro pessoa-a-pessoa, fomos incentivados a realizar dois projetos, belas em sua simplicidade. Por um lado, temos trabalhado um dia justo saúde nas escolas Grade multi Fé e Alegria, por isso, tivemos a oportunidade de compartilhar com todas as crianças com idade entre 6 escolas localizadas nas comunidades que visitamos.

Além disso, com a intenção de promover projectos de desenvolvimento comunitário, a construção de 18 aviários para galinhas poedeiras foi realizado, o que é esperado para as famílias a encontrar um caminho de desenvolvimento, além de consumo agricultura, melhorando circunstâncias económicas encontrados.

1

Há muitas histórias para contar, e tem sido uma marca profunda em nosso coração. Depois de compartilhar com nossos irmãos K’iches, depois de tomar a enxada para trabalhar a terra, para sentir a folha de bananeira em nossas mãos, depois de descobrir que uma vez que tudo é sagrado cosmovisão maia; depois de brincar com as crianças da região e ao ar livre nas montanhas, tendo aprendido a fazer pão, tecer e depois de encher nossos corações com o silêncio ea vida, temos crescido um pouco mais, nós temos feito mais humano e, sem dúvida, lá em St. Lucia, tem despertado o nosso coração foi aberta para a esperança de um mundo de acordo com o coração do Pai.

No final desta experiência e retorno para as nossas casas, só resta para nós a dizer:

“Sibal’ajMaltyoxAjaw!” (Graças a Deus!) “

 

Fonte: Comunicações Colegio Loyola